Seja Bem-Vindo. Este site tem recursos de leitura de texto, basta marcar o texto e clicar no ícone do alto-falante   Click to listen highlighted text! Seja Bem-Vindo. Este site tem recursos de leitura de texto, basta marcar o texto e clicar no ícone do alto-falante

Orientações sobre Estágios do CEEG

Introdução

(verifique se o navegador não está silenciado, temos vídeos com áudio nesta página)

Chegou a hora! E agora? Estágio ou TCC?

Desde que assumi a Coordenação de Estágios e Egressos (CEEG) do campus IFPE Afogados da Ingazeira (IFPE-CAFI), tenho me deparado com as mais diferentes categorias de dúvidas e problemas relacionados a estágios. Vou tentar, nesta página de internet, resolver alguns (ficarei muito feliz se conseguir resolver dois ou três…). 

Vamos para algumas definições importantes

Trabalho de Conclusão de Curso

O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) deverá ser executado na forma de projetos, objetivando a integração teoria, prática e o princípio da interdisciplinaridade, devendo contemplar a aplicação dos conhecimentos adquiridos durante o curso e tendo em vista a intervenção no mundo do trabalho social de forma a contribuir para a solução de problemas. O TCC compreende uma  atividade com natureza de pesquisa ou de extensão que, com foco num determinado problema e objeto de análise, visa a elaboração, execução e produção de uma monografia, artigo ou relatório.

Estágio Supervisionado

O Estágio Supervisionado tem por objetivo oportunizar experiências profissionais através de atividades relacionadas com a área do seu curso. Essa é uma atividade curricular que compreende o desenvolvimento teórico-prático, podendo ser realizado na própria instituição de ensino ou em empresas de caráter público, ou privado conveniadas ao IFPE. O estágio deve possuir planejamento de atividades e elaboração de relatório final. A função do estágio pode abranger um referencial à formação do estudante, esclarecer seu campo de atuação, permitir o contato interdisciplinar com a prática profissional, adquirir noções das necessidades do mercado de trabalho e possibilitar uma visão geral da aplicação dos conhecimentos.

Optando pelo Estágio Supervisionado o discente deverá realizar sua matrícula para cumprimento dessa atividade junto à coordenação responsável por essa atividade no Campus.

A carga horária de cada estágio vai depender do Projeto Pedagógico do Curso (PPC) no qual o discente está matriculado. Abaixo o PPC de cada um dos cursos que o IFPE-CAFI oferece.

Depois dessas apresentações vamos responder à pergunta: “E agora? Estágio ou TCC?” Se a sua reposta foi “Estágio”, o seu problema é com a CEEG. Então vamos para as orientações.

Quero Estágio!

Independentemente do seu curso, as orientações que passaremos aqui serão para todos, claro que a carga horária de estágio vai variar em cada um dos cursos.

A primeira coisa que o discente deve fazer ao procurar um estágio é saber onde estagiar. O IFPE-CAFI conta com uma série de empresas conveniadas, ou seja, empresas que já assinaram o contrato de parceria para estágio com o campus e estão habilitadas a acolher estagiários.

A empresa que me aceitou não tem convênio com o IFPE-CAFI. E agora, o que eu faço?

Não tem problema. Basta conseguir da empresa os seguintes documentos:

  • Cópia do Cartão do CNPJ;
  • Cópia de um documento com foto do responsável pela empresa que está no cartão do CNPJ.

Conseguindo esses documentos, mande-os para a CEEG para confeccionar o contrato de parceria de estágio entre a empresa e o IFPE-CAFI. O contrato feito deve ser encaminhado à empresa para coleta das assinaturas dos responsáveis por ela e  ser devolvido, já assinado, para o IFPE-CAFI para colher as assinaturas referentes ao campus

Cumprida as etapas anteriores, a empresa passa a ser parceira de convênio e já pode acolher estagiários.

Achei a empresa que oferece a vaga e já tem convênio com o IFPE-CAFI. E agora?

Agora vamos encontrar. entre os docentes do campus, um que possa ser o seu orientador. Mas, atenção: deve ser um docente que tenha conhecimento das disciplinas envolvidas nas funções que você, discente, pretende exercer no estágio.

Agora que você tem o seu orientador, faça do download do documento abaixo, que deve ser preenchido com o orientador:

Abaixo uma imagem do plano de estágio com os itens de preenchimento numerados, e depois da imagem a explicação para cada item.

Agora a explicação para cada campo:

  1. Neste campo o estagiário coloca o nome completo, sem abreviaturas e é de preenchimento obrigatório;
  2. Neste campo coloca o período do curso que se encontra no momento do estágio, preenchimento obrigatório;
  3. Neste campo coloca a data em que dará entrada no documento “Plano de Estágio”, preenchimento obrigatório;
  4. Neste campo coloca o CPF do discente, preenchimento obrigatório;
  5. Neste campo a data de nascimento do discente, preenchimento obrigatório;
  6. Neste campo o número de matrícula no curso do IFPE, preenchimento obrigatório;
  7. Neste campo o e-mail do discente, preenchimento obrigatório;
  8. Neste campo o telefone do discente, preenchimento obrigatório;
  9. Neste campo marque o curso ao qual está vinculado no IFPE, preenchimento obrigatório;
  10. Neste campo coloca o nome da empresa onde o discente vai estagiar, preenchimento obrigatório;
  11. Neste campo coloca o nome do setor, na empresa onde acontecerá o estágio, preenchimento obrigatório;
  12. Neste campo coloca o telefone para contato da empresa, preenchimento obrigatório;
  13. Neste campos coloca o nome do supervisor do estagiário na empresa onde acontecerá o estágio, preenchimento obrigatório;
  14. Neste campo coloca a função/qualificação do supervisor de estagiário na empresa onde acontecerá o estágio, preenchimento obrigatório;
  15. Neste campo coloca a data que o estágio inicia, preenchimento obrigatório;
  16. Neste campo coloca a data que o estágio finaliza, preenchimento obrigatório;
  17. Neste campo o período que o estágio vai durar, preenchimento obrigatório;
  18. Neste campo coloca a hora que inicia o estágio, preenchimento obrigatório;
  19. Neste campo coloca a hora que finaliza o estágio, preenchimento obrigatório;
  20. Neste campo coloca o dia da semana que inicia o estágio, preenchimento obrigatório;
  21. Neste campo coloca o dia da semana que finaliza o estágio, preenchimento obrigatório;
  22. Neste campo coloca o total de horas do estágio em uma semana, preenchimento obrigatório;
  23. Neste campo coloca a descrição das tarefas que serão executadas no estágio, é interessante que o preenchimento seja decido em conjunto pelo supervisor, orientador e discente, preenchimento obrigatório;
  24. Neste campo coloca o nome do docente que será o orientador do discente durante o processo de estágio, preenchimento obrigatório;
  25. Neste campo o docente orientador coloca a própria assinatura, preenchimento obrigatório;
  26. Neste campo coloca o nome do coordenador do curso que o discente está vinculado, preenchimento obrigatório;
  27. Neste campo o coordenador de estágios e egressos coloca o estado do plano de estágio, preenchimento obrigatório.

E, enquanto durar a pandemia no nosso país, a reitoria está exigindo (Portaria no 449/2020) os documentos abaixo para dar continuidade ao processo de estágio.

Se o seu estágio é presencial, faça o download dos arquivos abaixo preencha e assine  para entregar com o plano de estágio.

Com o plano de estágio preenchido e os documentos exigidos pela Portaria no 449/2020, estes devem ser encaminhado para a CEEG para validação e confecção do “Termo de Compromisso de Estágio”, que é o contrato entre o campus, o discente e a empresa concedente do estágio.

Pronto, você já pode começar o seu estágio!

Dicas do Campus para você

Aqui você verá cerca de 20 minutos de vídeos sobre como construir o seu currículo com um processador de texto da Google, mas o importante não é a ferramenta e sim as dicas sobre como fazer um currículo com informações úteis e eficiente.

1. Crie um Currículo

2. Escolha um Modelo de Currículo

3. Adicione Informações de Contato

4. Acrescente Suas Experiências

5. Descreva Suas Experiências

6. Acrescente Sua Formação Acadêmica

7. Organize o Rascunho do Currículo

8. Crie um Currículo – Atividade de Conclusão

 

Vídeos são do YouTube, estrutura deste curso é do Ateliê Digital da Google – Visite, veja e faça o curso completo “Crie um Currículo” da Google

Mais Dicas do Campus para você

 

Aumente sua confiança com a autopromoção

Introdução

Quando você aprende a falar abertamente sobre suas conquistas, as pessoas passam a entender quais são seus pontos fortes e habilidades. Nestes vídeos, apresentaremos o conceito de autopromoção, mostraremos os desafios relacionados a ele e compartilharemos dicas e ferramentas úteis para aumentar sua confiança e senso de valor.

 

Explore os seus pontos fortes

Falar abertamente sobre suas conquistas no ambiente de trabalho e na vida social pode ser desafiador, mas essa é a única forma de mostrar seus talentos e experiência para as pessoas. Neste vídeo, convidamos profissionais de várias áreas para participar de um workshop que destaca os seguintes aspectos:

  • A importância da autopromoção
  • Um exercício básico para identificar seus pontos fortes
  • Como uma lista do tipo “Sou especial porque…” pode aumentar sua autoconfiança

A autopromoção não tem nada a ver com vangloriar-se, gabar-se ou ser agressivo. Trata-se de reconhecer as suas conquistas pessoais e o que o torna excecional.

 

 

Como praticar a autopromoção

Como qualquer habilidade, a autopromoção requer prática e foco. Neste vídeo, especialistas darão várias dicas e exercícios práticos para aumentar sua confiança e aperfeiçoar a autopromoção, incluindo os seguintes pontos:

  • Como criar uma lista das suas conquistas;
  • Como receber e analisar o feedback de amigos e colegas;
  • Como criar um kit de autoconfiança.

 

Tirado do site https://learndigital.withgoogle.com/ateliedigital/course/self-promotion em 08/04/2021

Para contato com a CEEG ceeg@afogados.ifpe.edu.br

Click to listen highlighted text!